Assembleia Municipal

Candidatos à Assembleia Municipal

1

José Francisco Ferreira Malhão

2

Ana Isabel Fernandes Fortunato

3

Daniela Cardoso Norte

4

José Pedro Marques Rodrigues Calado

5

Francisco João Cordeiro Gaspar

6

Paula Isabel Tavares Pereira Carrapiço

7

Daniel José Santos Serralheiro

8

Elzita Maria Pereira Gonçalves da Costa Pinho.

9

Eugénio Ribeiro da Silva Lopes

10

João Alexandre dos Santos Ramos Pereira

11

Domingos Pratas Ferreira

12

Diana Carolina Soares Carrapiço

13

João Abreu Costa Roso

14

Arlindo Lopes Ribeiro

15

Daniela Rodrigues Pinto

16

Carlos Humberto Gariso Agante Costa

17

Telmo Filipe Almeida Santana

18

Vânia Patrícia Almeida Santos

19

José Nunes Mota Simões

20

Tiago de Freitas Lomelino Botelho de Oliveira

21

Tânia Filipa Martinho Paredes

22

Daniel de Almeida Gonçalves Carvalho

23

António Manuel Quedas Ferreira

24

Maria Isabel Pessoa Varino Costa

25

Luís Alberto Duarte Penicheiro

26

Paulo Alexandre de Jesus Neto

27

Fernanda Maria Carvalho da Costa Serban

28

Carlos Norberto Santos Ribeiro

29

Edgar Martins Queirós

30

Cristina Maria Caetano Rosário Évora

31

Pedro Augusto dos Santos Monteiro

32

Bernardo António Marques Ferreira dos Santos

33

Magali Carvalho Morim

34

José Manuel Oliveira Santos

35

José Carlos Ribeiro da Silva Cardoso

Francisco Malhão

Plenário CDU Balanço 1º ano do Mandato – Assembleia Municipal

Após as últimas eleições autárquicas, em Outubro de 2009, a CDU viu reduzido de 3 para 2 o número de eleitos na Assembleia Municipal de Soure.

Sem a nossa vereadora da CDU na Câmara Municipal a nossa participação, neste órgão torna-se ainda mais importante.

Com os seus dois eleitos a bancada da CDU na Assembleia Municipal neste primeiro ano deu continuidade ao bom trabalho que vinha fazendo no mandato anterior:

– das 4 sessões extraordinárias (Novembro 2009, Abril, Maio e Novembro de 2010) e 4 sessões ordinárias(Dezembro de 2009, Fevereiro, Junho e Setembro de 2010) apenas houve uma falta de um dos nossos membros na Sessão ordinária de Fevereiro. A Nossa assiduidade foi de 94% (15 presenças em 16 possíveis);

– recorrendo à possibilidade de substituição dos eleitos, nos casos em que os membros efectivos não puderam estar presentes nas Sessões da Assembleia Municipal, promovemos a rotatividade da nossa participação, com a substituição dos efectivos pelos candidatos seguintes na lista da CDU. Nos casos em concreto verificados, as ausências foram colmatadas quer pela Ana Fortunato, quer pelo Rogério Nunes com duas participações cada um. A Ana Fortunato acabou por se tornar membro efectivo da Assembleia Municipal, a partir de Setembro, na sequência do pedido de suspensão por um ano por parte do João Ramos Pereira;

– Na discussão e aprovação dos documentos fundamentais, tais como o orçamento e o Plano de actividades para o ano de 2010 e o Relatório de Contas de 2009, as nossas intervenções foram no sentido de manter de pé as propostas feitas pela CDU no decorrer do mandato anterior, bem como sublinhar as nossas preocupações apresentadas no mesmo período, tendo por base o nosso programa eleitoral para o corrente mandato, a saber:

* O programa Prohabita;

*Construção de Refeitório / Vestiários e WC nas “oficinas e armazéns”

*Recolha de óleos Domésticos

*Centro de Protecção Animal

*Aquisição de Viatura Lava-Contentores

*Parque para Feira de Gado

*Alargamento da rede de saneamento municipal e outras

– Foram da iniciativa da nossa bancada 2 moções uma em homenagem a José Saramago e outra relativamente ao TGV;

– Seguimos de perto e de forma sistemática a evolução da dívida, sublinhando a importância não só da sua diminuição mas da melhoria da sua estrutura: diminuição da dívida a outros credores que não a banca.

– Fizemos uma proposta no sentido de enviar por correio electrónico a documentação, referente aos trabalhos das Assembleias Municipais, bem como as cópias das actas das Reunião de Câmara a fim de ser mais rápida e prática a chegada desta aos interessados e a poupança de gastos em papel;

– Aquando da actualização das tarifas do Abastecimento Público de Água, Resíduos Sólidos e Saneamento Básico denunciámos que o aumento médio da “Factura da Água” para quem paga os três serviços subiu quase 40%, enquanto se tentou passar a ideia de que os aumentos foram ligeiramente inferiores a 20%;

– A nossa bancada tem participado nas comissões e grupos de trabalho formadas no âmbito do estudo de proposta das taxas do IMI e de preparação das comemorações do 25 de Abril, bem como na discussão do regulamento de trânsito na Vila de Soure;

– No inicio do mandato apresentamos uma lista de candidatura, para eleição de representantes da Assembleia Municipal de Soure na Assembleia Intermunicipal do Baixo Mondego e conseguimos eleger o João Ramos Pereira. O mesmo foi ainda eleito numa lista de consenso constituída por 4 elementos (com mais 2 do PS e um 1 do PSD), para a Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Perigo;

– É evidente que todo este trabalho não poderia ser levado a tão bom termo, caso, para além do esforço dos eleitos, não tivesse havido o empenho dos restantes elementos das listas de candidatos. É com a sua participação nas reuniões preparatórias que, sempre que possível temos vindo a promover, fortalecemos e enriquecemos a nossa actividade na Assembleia Municipal.

– Vale a pena sublinhar que contrariamente ao que vinha acontecendo em mandatos anteriores os órgãos de informação do Concelho: quer a rádio quer o jornal “Popular de Soure” praticamente ignoram a actividade da Assembleia Municipal, nomeadamente a actividade da Bancada da CDU pelo que é de grande importância a CDU criar meios de divulgação próprios, nomeadamente a criação da página da CDU, bem como a possibilidade de poder passar a papel informação sobre a nossa actividade que possa chegar aos munícipes que não tenham possibilidade de acesso à internet;

Avaliamos o nosso trabalho como positivo mas pensamos que é sempre possível fazer melhor:

com maior participação dos eleitos e essencialmente com uma ainda maior participação, nas reuniões preparatórias, dos elementos da lista da CDU não eleitos;

com a recuperação das visitas de eleitos às freguesias, praticadas no mandato anterior;

com a promoção de iniciativas temáticas participadas por especialistas técnica e politicamente credenciados.

Com outras iniciativas que se venham a considerar importantes e praticáveis

Anúncios